Avalie o site


TRABALHO E TECNOLOGIA SÃO PAUTA DO ESPAÇO LIVRE

News3

Participaram do programa Espaço Livre o diretor da Associação Itajubense de Inovação e Empreendedorismo (Inovai), Maurício Bittencourt, e Fernando Bissacot, secretário da pasta de Ciência,Tecnologia, Indústria e Comércio. Fernando disse que Itajubá possui vocação para a tecnologia quando comparada a outras cidades do Sul de Minas, além de ser polo para a qualificação profissional

De acordo com o secretário, Itajubá possui 5 mil MEIs (Microempreendedores Individuais) atuantes e 50 % do PIB (Produto Interno Bruto) está nas áreas de serviços e comércio, índice de países desenvolvidos. Sobre a vinda de empresas, a indústria fotovoltaica anunciada há alguns anos, anterior a sua chegada à Secretaria, infelizmente não houve interesse de investidores nacionais exigidos pela instituição e, no momento, está parada a negociação, mesmo com a doação do terreno. Bissacot acrescentou que existem negociações avançadas com duas outras outras empresas para instalação na cidade.

Já Maurício explicou que a Inovai possui programas para fomentar a tecnologia e a inovação, falou da importância da capacitação comportamental para a busca de trabalho e do programa de geração de startups na INCIT, que colaboram com o ecossistema de inovação. Falta qualificação na área de tecnologia e, para ele, empreender é o caminho. A INCIT está com inscrições abertas para 4 novas empresas.

Sobre o Parque Científico e Tecnológico, o secretário disse que já é realidade. A fase 1 fica dentro do Campus Unifei e o prédio estará até o fim do ano apto para abrigar 40 empresas. A Fase 2 é a área de 485 mil metros quadrados ao fundo da Unifei. Já a terceira fase contempla uma área atrás da Prefeitura onde terá o laboratório âncora do LNA, para inteligência e pesquisa, que está em fase de licitação.

Deixe seu comentário