Avalie o site

Real Madrid bate Grêmio e conquista hexa do mundo; Pachuca fica em terceiro

News3

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O time comandado pelo técnico Renato Gaúcho demonstrou bravura, mas viu o Real Madrid vencer por 1 a 0 neste sábado (16), no estádio Zayed City Sports, e se consagrar campeão mundial pela sexta vez em sua história.

Cinco vezes melhor jogador do planeta, o português Cristiano Ronaldo marcou o gol da vitória, de falta, no segundo tempo da partida.

Foi o terceiro troféu do Real nesta versão do Mundial de Clubes, além de outras três na antiga Copa Intercontinental.

A equipe espanhola é a maior vencedora da competição ao longo de toda a história. O Milan, segundo colocado, possui quatro troféus.

O Grêmio, por sua vez, perdeu a chance de vencer o bicampeonato - já havia vencido a antiga versão da competição no ano de 1983, quando seu atual técnico, Renato Portaluppi, foi o protagonista.

Para completar, a Espanha chegou à sua décima taça em mundiais interclubes e empatou com o Brasil na liderança histórica.

O JOGO

No duelo deste sábado, o Real Madrid amassou o Grêmio nos primeiros 45 minutos de duelo.

O Grêmio tentou marcar no campo do adversário, mas começou a cair de produção após 10 minutos de jogo.

Aos 19, Geromel bloqueou investida de Carvajal.

Em escanteios, Sergio Ramos superou a defesa gremista duas vezes, mas falhou na finalização do lance.

Aos 23, Modric bateu à esquerda de Grohe, por pouco não abrindo o placar.

A única chance gremista veio com Edílson, em cobrança de falta, sem perigo.

Na etapa complementar, aos 7 minutos, Cristiano Ronaldo bateu falta com força, a bola passa entre Barrios e Luan na barreira e morreu nas redes de Grohe.

O time espanhol ampliou na sequência, mas a arbitragem anulou por ver impedimento de Benzema - Ronaldo havia marcado com assistência do francês.

Pouco depois, Cristiano Ronaldo recebeu de Modric dentro da área e tentou fazer de calcanhar, mas mandou pela linha de fundo.

Bem superior, o Real Madrid quase fez o segundo. Modric dominou pelo meio, avançou e finalizou, mas Grohe espalmou na trave direita.

Sem conseguir superar o poderoso elenco do clube espanhol, o Grêmio não levou perigo ao gol do Real. E deu adeus ao sonho do bi.

PACHUCA X AL JAZIRA

Participando pela quarta vez do Mundial de Clubes, o Pachuca garantiu a conquista do terceiro lugar do torneio neste sábado pela primeira vez. Enfrentando o Al Jazira de Romarinho no estádio Zayed Sports City, em Abu Dhabi, os mexicanos demonstraram bastante consistência ao longo dos 90 minutos e foram contundentes para chegar ao triunfo por 4 a 1, gols de Urretaviscaya, Jara, De La Rosa e Sagal. Khalfan Arlrezzi foi o autor do único tento dos anfitriões.

Romarinho entrou em campo com a possibilidade de terminar a competição como artilheiro. Com dois gols na competição, o ex-corintiano estava empatado com o brasileiro Mauricio, do Urawa Reds, porém, embora tenha sido mais uma vez o destaque do time, não conseguiu balançar as redes.

Neste sábado o Al Jazira adotou uma postura em campo muito diferente do que foi contra o Real Madrid. Mais solta e ofensiva, a equipe dos Emirados Árabes Unidos tinha Romarinho como principal peça de desafogo e foi justamente em jogadas que tiveram a sua participação que os anfitriões conseguiram chegar com perigo.

Ainda assim, o Pachuca foi quem pressionou mais já na primeira etapa.


Fonte: Site Yahoo


Compartilhe:

Deixe seu comentário